Cisto de Tarlov (Cisto perineural) na coluna

Os cistos de Tarlov são cistos que se formam adjacentes às raízes nervosas e são formados entre as camadas que revestem o nervo, chamadas de perineuro e endoneuro. Eles também são chamados de cistos perineurais e são preenchidos por líquor.

Imagem esquemática do Cisto de Tarlov (Cisto perineural) na coluna

Imagem esquemática do Cisto de Tarlov (Cisto perineural) na coluna

O cisto de Tarlov pode ser encontrado em qualquer segmento da coluna vertebral, mas são muito mais frequentes na região sacral (parte mais caudal da coluna). Eles são achados relativamente comuns estando presentes em até 10% da população e na sua grande maioria não apresenta sintomas, sendo diagnosticado incidentalmente como um achado de exame.

Quais as causas do Cisto de Tarlov?

A causa exata para o surgimento do cisto perineural ainda é desconhecida e tema de muito debate, porém algumas hipóteses etiológicas são levantadas:

  • Má formação dor nervos (causa congênita)
  • Pós-traumática
  • Processo degenerativo
  • Processo inflamatório das camadas neurais

Quais os sintomas do Cisto de Tarlov?

Como já dito anteriormente a grande maioria dos cistos perineurais são assintomáticos, sendo diagnosticados incidentalmente em uma ressonância magnética da coluna lombar por exemplo. Portanto, atribuir a causa de qualquer dor lombar ou dor ciática em um primeiro momento a um cisto de Tarlov é um erro.

Além disso, estima-se que apenas 1-2% dos pacientes apresentarão cisto de Tarlov que irão causar sintomas. Quando presentes os sintomas mais frequentes são:

  • Dor radicular (dor na perna) – decorrente da compressão nervosa que o cisto pode fazer na raíz. (semelhante a dor do nervo ciático)
  • Dormência ou formigamento nas pernas – também decorrentes da compressão nervosa
  • Dor lombar – em alguns casos, esses cistos podem ser grandes, levando a uma erosão óssea.

Como fazemos o diagnóstico de Cisto de Tarlov?

O exame pelo qual melhor visualizamos o cisto perineural é a ressonância magnética. Com ela, definimos a localização exata do cisto, extensão e se há compressão de alguma raíz nervosa ou não.

Ressonância Magnética evidenciando um cisto de Tarlov

Ressonância Magnética evidenciando um cisto de Tarlov

As radiografias e a tomografia computadorizada também são importantes na avaliação de eventuais calcificações do cisto (raro) ou na presença de erosão óssea, como já comentado, levando a dores nas costas.

Vale ressaltar que é importantíssimo antes de atribuirmos a causa da dor ao cisto de Tarlov, descartar outras patologias muito mais frequentes de dor lombar ou dor ciática como hérnias de disco, estenose de canal ou artrose da coluna.

Como é o tratamento do Cisto Perineural?

Como já amplamente mencionado, por na grande maioria dos casos se tratar de um achado de exame, o cisto de Tarlov não requer um tratamento específico.

Quando definimos que o causador da dor é o cisto de Tarlov (e essa definição deve ser bastante criteriosa e de preferência realizada por um cirurgião especialista em coluna), o tratamento inicial é conservador com fisioterapia, analgesia otimizada, mudança do estilo de vida, controle de peso e fortalecimento muscular. Essas medidas na grande maioria das vezes melhoram e muito a qualidade de vida do paciente com cisto de Tarlov.

Quando se trata de uma dor refratária ao tratamento clínico, podemos lançar mão de infiltrações perineurais, tendo dois objetivos principais:

  1. Objetivo Terapêutico: melhorar a inflamação daquele nervo e com isso melhorar a dor.
  2. Objetivo Diagnóstico: Saber de fato se aquela dor referida pelo paciente tem origem naquele cisto de Tarlov.

O tratamento cirúrgico de drenagem ou retirada do cisto é um tratamento de exceção e deve ser indicado de maneira muito criteriosa.

Quais as complicações da cirurgia do Cisto de Tarlov?

As duas principais complicações dessa cirurgia são a recidiva do cisto e a formação de fístula liquórica que é o extravasamento do líquido cefalorraquidiano pela ferida. Nesses casos, uma reabordagem as vezes se torna necessária para o fechamento dessa fístula com sutura da lesão e cola de fibrina.

Os cistos de Tarlov podem virar câncer?

Da mesma forma que o cisto facetário na coluna, não há nenhuma possibilidade do cisto de Tarlov malignizar, ou em outras palavras, virar um câncer pois são lesões completamente benignas, sem nenhum potencial maligno.

FAQ – Perguntas Frequentes

O que é cisto de Tarlov na coluna?

Cisto de Tarlov é um cisto preenchido por líquor que se forma ao redor do nervo na coluna e é localizado na maioria das vezes na região sacral.

Quem tem cisto de Tarlov pode engravidar?

O cisto de Tarlov não interfere em absolutamente nada no capacidade / possibilidade da mulher engravidar, não tendo qualquer relação ou problema.

Qual o tratamento para cisto de Tarlov?

O tratamento do cisto de Tarlov na maioria das vezes é conservador com fisioterapia, analgesia e atividade física. Infiltrações na coluna também podem ser realizadas. Cirurgias de drenagem do cisto ou ressecção podem ser indicadas, mas em casos muito bem selecionados.

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *